Reorganizada, a JBS dispensa executivos

Reorganizada, a JBS dispensa executivos

Com criação de nova empresa, subsidiárias foram extintas

290
0

Em prosseguimento a seu projeto de reorganização, a JBS anunciou ontem, em nota, a dispensa de executivos do alto escalão. Depois de dez meses no cargo, Enéas Pestana foi desligado da presidência da JBS América do Sul. Isso porque a subsidiária foi extinta, com a criação da JBS Foods International (JBSFI), que se responsabilizará por todas as operações do conglomerado no exterior.

Pestana tem uma longa carreira como dirigente no segmento do varejo. A maior parte dela, 11 anos, passou no Grupo Pão de Açúcar. Ali, ocupava o cargo de CEO durante a transição da gestão Abilio Diniz à do grupo francês Casino.

Ele deixou o GPA em janeiro de 2014 e em agosto do ano seguinte assumiu a presidência da Máquina de Vendas, com a missão de integrar e profissionalizar as operações das cinco companhias da holding – Ricardo Eletro, Insinuante, Eletro Shopping, Salfer e City Lar. Ficou pouco tempo na posição, deixando-a em janeiro deste ano. Um mês depois foi para a JBS.

Com a saída dele da companhia de carnes, Miguel Gularte que presidia a JBS Mercosul – subordinada à divisão América do Sul e igualmente extinta com a reorganização – também será dispensado.

DEIXE UM COMENTÁRIO