Fogo de Chão vende mais e lucra menos

Fogo de Chão vende mais e lucra menos

Os ganhos da rede recuaram 15,6% no primeiro trimestre

142
0

Embora tenha aumentado a receita líquida em 10,9%, para US$ 76,4 milhões, o lucro líquido da rede de churrascarias Fogo de Chão recuou 15,6% no primeiro trimestre ante o mesmo período do ano passado, para US$ 5 milhões. De acordo com a empresa, controlada pelo fundo de private equity americano Thomas H. Lee Partners, o aumento do faturamento se deu graças à abertura de novos restaurantes nos EUA, câmbio positivo, e crescimento de vendas no conceito “mesmas lojas” – as que estão abertas há mais de um ano – de 0,3%.

A maior parte do faturamento – 87% ou US$ 66,5 milhões – foi gerada pelos restaurantes dos EUA, onde o resultado foi 9,7% superior ao de janeiro/março de 2016. Neste ano, foram inauguradas duas novas casas, uma em Tysons (Virginia) em janeiro e outra em Dallas (Texas) em fevereiro. Já a operação brasileira contribuiu com 13% ou US$ 9,8 milhões e cresceu 19,5%. A forte expansão é atribuída ao câmbio favorável, pois as vendas no conceito “mesmas lojas” caíram 2,9% ante o primeiro trimestre do ano passado.

Atualmente a Fogo de Chão opera 35 restaurantes nos EUA, dez no Brasil e duas joint ventures no México – ambas integradas à operação americana.  Para este ano a empresa planeja abrir três novas casas próprias, uma delas já em construção, além de celebrar duas novas joint ventures.

DEIXE UM COMENTÁRIO