Exportações de carne aos EUA suspensas

Exportações de carne aos EUA suspensas

Proibição atinge frigoríficos da Marfrig, JBS e Minerva

139
0

O Ministério da Agricultura suspendeu as exportações de carnes para os EUA de cinco frigoríficos: três da Marfrig, de São Gabriel (RS), Promissão (SP) e Paranatinga (MS), um da JBS, de Campo Grande (MS) e um da Minerva, de Palmeiras de Goiás (GO). O Serviço de Segurança e Inspeção de Alimentos (FSIS), do Departamento de Agricultura norte-americana, encontrou irregularidades em lotes de produtos. A suspensão vale até que sejam adotadas “medidas corretivas”, segundo o ministério.

De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC) a medida foi tomada após detecção de reações à vacina contra a febre aftosa, que em alguns casos pode provocar abscessos internos e, portanto, não visíveis. Nota da entidade destaca que “as plantas industriais suspensas representam uma fração mínima da produção nacional de proteína animal”.

A Marfrig disse em nota que “está tomando todas as providências necessárias para atender as exigências do mercado americano nos seus processos produtivos e está atendendo a todas as etapas existentes estabelecidas pelo Ministério da Agricultura de forma técnica e imediata, visando o retorno das plantas para exportação para este mercado”. A JBS anuncia que já encaminhou os esclarecimentos solicitados via Abiec e ressaltou que “não foram encontrados problemas relativos às instalações da planta ou de qualidade do produto”. A Minerva declara que a produção de carne destinada aos EUA segue em ritmo normal e que o volume produzido pelo frigorífico suspenso foi realocado para outras unidades.

Fonte: Agência Brasil

DEIXE UM COMENTÁRIO