Dolly cobrada por sonegação do ICMS

Dolly cobrada por sonegação do ICMS

Marca de refrigerantes sofreu ação da Fazenda paulista

365
0

A fabricante Ragi Refrigerantes, dona da marca Dolly foi o alvo da operação Clone, da Secretaria da Fazenda de São Paulo, acusada de sonegação do ICMS. Segundo a repartição, a companhia tem cerca de R$ 2 bilhões de débitos inscritos na dívida ativa do estado e autos de infração, e não responde a comunicados desde o ano passado e não recebe fiscais para esclarecimentos.

A ação contou com 24 agentes fazendários, acompanhados por procuradores do Estado e escoltados por policiais militares. Eles verificaram quatro unidades da empresa, todas em São Paulo – três em Diadema e uma em Tatuí e também dois escritórios na capital.

Em nota, a Dolly nega a sonegação fiscal. Segundo a empresa, as irregularidades foram praticadas por seu escritório contábil: omissão de dados enviados ao Fisco, falsificação de sentenças, fraude de guias e documentos. De acordo com a nota, um dos sócios do escritório já prestou depoimento ao Ministério Público e à Polícia Federal, assumindo o desvio do dinheiro destinado ao pagamento dos impostos e isentando a companhia de culpa.

Fonte: Secretaria da Fazenda SP

DEIXE UM COMENTÁRIO