Cursos de Gastronomia crescem no País

Cursos de Gastronomia crescem no País

Ensino regular é oferecido por 146 instituições brasileiras

408
0

O Brasil está razoavelmente servido por cursos de Gastronomia em nível superior, relata a In Bureau de Informação, empresa especializada na investigação e análise de tendências do mercado de restaurantes, fast food e food service. A partir dos dados do Censo de Educação Superior de 2015, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia do Ministério da Educação, a consultoria listou 146 cursos no País.

A maioria deles – 144 – é presencial e apenas dois adotam o ensino à distância; por modalidade, 132 são tecnológicos e nove bacharelados. A maior parte, 132, fica a cargo de instituições de ensino privadas e 14 de escolas públicas. Por regiões a maior frequência está no Sudeste (61), seguido pelo Nordeste (38), Sul (32), Centro Oeste (11) e Norte (4).

O número de matriculados nos cursos era de 26.072 em instituições privadas e 1.746 em públicas. Os alunos formados em 2015 foram 5.856 e 159, na mesma ordem. Todos os que escolheram o ensino à distância (40) foram habilitados pela mesma escola, a paulista Universidade Anhembi Morumbi. Essa foi também a instituição que mais recebeu matriculas em 2015 (1.422), seguida pela Universidade Potiguar, do Rio Grande do Norte (1.014) e pela Estácio MG (927), Estádio RJ (860) e Hotec, de São Paulo (753). O Senac, pioneiro na oferta desse tipo de educação no País, é o sexto colocado, com 650 matrículas.

Fonte: InFood

DEIXE UM COMENTÁRIO