Burger King altera composição acionária

Burger King altera composição acionária

Vinci Partners vendeu 5% de sua participação na empresa

723
0

Pela segunda vez em dez meses, a gestora de investimentos Vinci Partners, do banqueiro Gilberto Sayão, diminuiu sua participação na Burger King Brasil. Agora, vendeu 5% das ações que detinha da marca (38%), por R$ 100 milhões. O comprador é um family office norte-americano.

Até agosto do ano passado, a Vinci era controlador absoluto do Burger King, com 62% do capital. Vendeu então 15% a outra gestora de investimentos, o Capital Group, por R$ 107 milhões. Depois dessa transação, ficara com 38%. O Capital Group (com essa aquisição mais as de outros sócios) se tornou o segundo maior acionista, com 31% e o Temasek (fundo soberano de Singapura) com 15%. A Restaurant Brands International (RBI) – dona da marca Burger King e controlada pelo 3G Capital, dos brasileiros Jorge Paulo Lemann, Marcel Herrmann Telles, e Carlos Alberto Sicupira – detém os 15% restantes.

A operação brasileira do Burger King fechou 2016 com receita líquida de R$ 1,77 bilhão, 34,5% superior a de 2015. A maior parte veio da master franqueada BK Brasil (R$ 1,39 bilhão, com crescimento de 47%). No ano passado a rede inaugurou 73 novos endereços, chegando a um total de 601 unidades.

DEIXE UM COMENTÁRIO