BNDES quer mudanças na gestão da JBS

BNDES quer mudanças na gestão da JBS

Banco pede assembleia extraordinária para discutir o tema

131
0

Durante evento em São Paulo, Paulo Rabello de Castro, presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), anunciou que o BNDESPar, braço de investimentos do banco, pediu a convocação de assembleia extraordinária de acionistas (AGE) da JBS. O tema a ser discutido será a “requalificação na diretoria e no conselho de administração”, visando a “completa profissionalização” da companhia. Em outras palavras, o banco quer o afastamento da família Batista da gestão.

Depois da delação premiada dos executivos da JBS os irmãos Joesley e Wesley Batista, respectivamente presidente e vice-presidente do conselho da JBS, renunciaram aos cargos. Joesley foi trocado por Tarek Mohamed Noshy Nasr Mohamed Farahat e Wesley substituído por seu pai, José Batista, mas continuou como conselheiro e diretor presidente da companhia. Gilberto Xandó, diretor-Presidente da Vigor, passou a integrar o Conselho.

Segundo Castro, ao pedir a AGE, ele está apenas cumprindo o dever de um acionista de defender seus interesses na companhia. O BNDESPar é dono de 21,32% da JBS, enquanto a holding da família Batista, a J&F tem 42,51%.

DEIXE UM COMENTÁRIO